5 Dicas de materiais de desenho

Postado por John Doe 23/11/2018 0 Comentários

A história do desenho começa quase que ao mesmo tempo em que a do homem. Nas cavernas ficaram gravados, por meio de desenhos, os hábitos e experiências dos primitivos “homens das cavernas” que usavam as pinturas rupestres como forma de se expressar e comunicar antes mesmo que se consolidasse uma linguagem verbal. Ao longo dos séculos o desenho passou a ser utilizado cada vez de formas mais diferentes. 


Se você é apaixonado por desenho e está começando essa aventura, confira quais itens são indispensáveis na hora de começar a montar o seu mini estúdio pessoal.


Papel Canson


Como já era de se esperar, o papel é o instrumento mais básico para a execução de qualquer desenho. O papel Canson é ideal para desenhar graças a sua textura suave nem tão granulada nem tão lisa, que combina efeitos de volume e detalhes.


As técnicas recomendadas são as secas, com desenho a lápis, grafite, carvão, sanguínea, pastel seco ou oleoso, lápis de cor e etc. Pode ser recomendado também para aquarela, desde que se utilize pouca quantidade de água.

Lápis HB e 2B

Existem diversos tipos de lápis disponíveis no mercado com vários níveis de dureza.  Para os iniciantes o recomendado é o lápis com o grafite mais puro e macio geralmente são rotulados com um número acompanhado da letra “B”. Quanto maior for o número, mais forte será o traço do lápis, o que significa que seu desenho deixará uma marca mais escura no papel.


O lápis HB e 2B são lápis gráficos de alta qualidade em 20 classes de dureza destinado tanto para elaboração artística como para elaboração técnica.


Caneta nanquim

Assim como os lápis, também existem diversos modelos de canetas disponíveis no mercado para funções específicas e propósitos diferentes. Caneta Nanquim Descartável Staedtler é uma caneta técnica usada para desenho técnico e artístico. Possui ponta de metal comprida, ideal para uso com réguas, esquadros e acessórios para desenho técnico. Pode ser utilizada sobre pintura aquarela, em desenhos de mangá e muito mais!


Borracha 

A escolha da sua não tem muito segredo. A melhor borracha é a que não borra, é macia e não faze sujeira. 


A borracha preta geralmente possui todas essas qualidades, por isso é a mais recomendada para desenhistas. As verdes, por outro lado, devem ficar fora da sua lista, pois sujam muito e podem acabar com o profissionalismo dos seus croquis.


Sketchbook 


Sketchbooks são desenvolvidos com papéis de alta qualidade, diferenciado por peso e do dente, chamado também grão, permitindo uma grande variedade de técnicas a serem utilizadas, como desenho a lápis, grafite, ao lápis colorido, à pena, à tinta, e assim por diante. O papel do Sketchbook possui uma variedade de tons, variando do branco ao amarelo, e inclui variedades não tão comuns, como o cinza.


A verdade é que poucas pessoas sabem como desenhar maravilhosamente a primeira vez que pegam num lápis e um papel. Mas se você está começando, lembre-se:

  •  Não compre materiais de desenho caros logo de cara. Preço não significa necessariamente melhor qualidade;
  •  Teste os materiais de desenho antes de comprar;
  •  Teste coisas diferentes, um pouco de ousadia artística não faz mal. Tenha paciência e seja insistente.

 

Gostou de conhecer um pouco sobre os papéis para impressão para peças gráficas? Compartilhe essa informação com outras pessoas.

Deixe um comentário